Central de Conhecimento

Como usar imagens

É muito fácil focar no conteúdo escrito das postagens do seu blog, incluindo imagens apenas para fins ilustrativos ou de adendo. No entanto, o uso eficaz de fotos e imagens pode melhorar drasticamente o impacto de um artigo, ajudando a transmitir os temas do conteúdo rapidamente e capturando a atenção dos leitores.

VOCÊ APRENDERÁ:

  • Como usar imagens efetivamente
  • Como evitar armadilhas de cunho jurídico com direitos autorais de imagem
  • Algumas dicas para usar fotos no seu blog

Como respeitar os direitos autorais

Todas as imagens que você encontra online são protegidas pelos direitos autorais dos proprietários, e é necessário ter o consentimento deles para usá-las. Não respeitar os direitos autorais pode ter sérias implicações jurídicas e resultar em notificações, multas e outras ações legais devido ao uso não autorizado de imagens.

Ao publicar qualquer imagem no seu blog, é importante respeitar os direitos autorais e prestar muita atenção em como a imagem pode ser usada (se puder ser usada). Veja um resumo de opções comuns para encontrar fontes de imagens online e algumas observações sobre cada uma:
  • Suas próprias imagens: Se quiser, você poderá usar suas próprias fotos no site, já que é o proprietário da imagem.
  • Design Faça-você-mesmo: Você pode usar os elementos gráficos que criou. No entanto, assim como as fotos, você deve garantir que esses elementos usados não estejam sujeitos a direitos autorais.
  • Capturas de tela: Capturas de tela normais são permitidas com o propósito de ilustrar instruções detalhadas ou outros materiais instrutivos. No entanto, nenhuma pessoa/obra artística deve estar claramente visível.
  • Bancos de imagens: Se não tiver imagens próprias, que sempre serão o método gratuito mais seguro, você poderá comprar imagens de agências de fotos profissionais online. Geralmente, há soluções de baixo custo. Se você usar essas imagens de agência, deverá seguir os requisitos de título fornecidos com elas.
  • Fotos do fabricante: Para certos produtos, os fabricantes fornecem fotos. Geralmente, usá-las como parte de um programa afiliado não é problema. No entanto, para promover um relacionamento profissional, é sempre preferível enviar um e-mail para o departamento de marketing da empresa em questão e solicitar permissão para o uso de imagens dos produtos.
  • Pesquisa de imagens do Google: Não copie, sob nenhuma circunstância, imagens da Pesquisa de imagens do Google para usá-las no seu site.
  • Outros blogs e sites: É possível encontrar as imagens que deseja usar em outros blogs e sites. Nesse caso, peça permissão ao operador do site.
  • Sites de compartilhamento de fotos: Flickr, Instagram etc.: As imagens que você encontra nas mídias sociais baseadas no compartilhamento de fotos, como Flickr, Instagram, Pinterest e outros, não podem ser usadas como você bem entender. Descubra exatamente em que tipo de licença as imagens foram publicadas e obedeça às respectivas diretrizes. Quase sempre, será necessário algum tipo de atribuição.
  • Bancos de dados de imagens grátis: Há alguns bancos de dados online bastante conhecidos que disponibilizam imagens e fotos gratuitamente. Esses são ótimos recursos para os blogueiros, mas não deixe de ler os termos e condições de reutilização das imagens que você encontrar lá.

Tenha cautela

Se aderir aos avisos de imagens licenciadas, usar geralmente suas próprias fotos e pedir permissão para usar fotos protegidas por direitos autorais, você estará sendo cauteloso. No entanto, tratando-se disso, nada é totalmente seguro. As leis que regem os direitos de imagem podem ser complexas.

Dicas rápidas para usar imagens

As imagens podem ser usadas de maneira simples para melhorar suas postagens. Elas podem ser usadas para definir um certo humor ou tema na sua página. Por exemplo, são muito úteis para ajudar a explicar uma ideia complexa. Elas também ajudam a chamar a atenção do visitante para algo importante, especialmente nas redes sociais, em que muitas vezes apenas a imagem pode ser vista. Otimize as fotos antes de inseri-las no seu site.

O tamanho do arquivo deve ser o menor possível para que o carregamento seja concluído mais rapidamente. Ao se concentrar no SEO básico para suas imagens e incluir todos os metadados das suas imagens (usando as metatags do Open Graph para o Facebook, garantindo que o nome do arquivo contenha sua palavra-chave principal e adicionando atributos como título e alt), você aumentará as chances de as suas páginas serem indexadas favoravelmente e encontradas pelos mecanismos de pesquisa.
Compartilhe isto

Qual é a sua opinião?

Você tem alguma sugestão ou algum comentário sobre o site da Central de Associados? Conte-nos.