Locale: Br flag. v342668329 Brasil

Central de Conhecimento

Uso de redes sociais para marketing afiliado

Links afiliados da Amazon podem ser distribuídos por meio de redes sociais, incluindo Facebook, YouTube e Twitter. Essas redes sociais também podem ser usadas para aumentar o tráfego para o seu site. Isso significa que você não dependerá mais só do tráfego do mecanismo de pesquisa para visitantes.

Links afiliados da Amazon e das redes sociais

Os links afiliados da Amazon podem ser postados nas redes sociais. No entanto, é importante que você siga as diretrizes da Amazon e preste muita atenção às condições de uso da respectiva rede, pois elas estão sujeitas a alterações. Por muito tempo, a plataforma social "Pinterest" era estritamente contra usuários que compartilhavam links afiliados. Essa política eventualmente mudou, e os links filiados agora são permitidos. Você pode encontrar mais informações no artigo Agora permitido - Links afiliados no Pinterest.

O que é permitido no programa Associados Amazon?

A distribuição de links afiliados é permitida, desde que a conta de mídia social em que os links serão exibidos seja operada pelo associado que os postar. Os associados precisam atualizar as informações da conta na Central de Associados para incluir o URL exato da rede social em que os links afiliados serão exibidos. No Twitter, é necessário que a conta seja verificada. A verificação no Twitter é exibida como uma marca azul, ao lado do nome do usuário.

O que não é permitido no programa Associados Amazon?

O compartilhamento de links afiliados da Amazon em redes sociais que você não é o proprietário não será permitido.

Identificar links afiliados nas redes sociais

Os links afiliados são considerados publicidade e, portanto, precisam ser divulgados como tal. Para essa finalidade, você pode incluir uma observação próximo ao link. Isso também garante transparência para outros usuários das redes sociais.

Os usuários precisam ser informados de que você receberá uma taxa se eles fizerem alguma compra por meio de um dos seus links afiliados. No entanto, não peça para o público-alvo comprar por meio do seu link com o intuito de apoiar seu negócio. Isso não é permitido pelo programa Associados Amazon.

Veja a seguir um exemplo de divulgação:
"Utilizamos links afiliados. Se você realizar uma compra por meio deles, receberei uma comissão pela venda. Isso não afeta o preço que você pagará."

YouTube e marketing afiliado

No YouTube, o marketing afiliado pode ser usado como uma fonte adicional de receita, além do patrocínio generalizado. Isso faz sentido principalmente quando se trata de vídeos relacionados ao produto. Por exemplo, pode ser um vídeo de avaliação com base na experiência da pessoa que utilizou algum produto ou sobre o teste de um produto específico. Os links afiliados podem ser inseridos no campo de descrição do YouTube, logo abaixo dos vídeos.

Como nos artigos do seu site, é importante ser honesto com seus espectadores/seguidores. Lembre-se sempre de que você deve agregar valor e se concentrar em conteúdos de alta qualidade. Essa é uma prática recomendada para conquistar o público-alvo. Além disso, significa que você não correrá o risco de ter sua credibilidade questionada.

Dica: links afiliados devem ser sempre inseridos no início da descrição dos vídeos no YouTube. Ao fazer isso, a chance de as pessoas clicarem nesses links aumenta.

YouTube e seu próprio site

O YouTube oferece cartões de informação como uma funcionalidade adicional. Eles trazem elementos interativos para seus vídeos e permitem que você aponte um URL específico. Os cartões de informação são exibidos no canto superior direito quando o vídeo correspondente é reproduzido.

Você pode definir quando e com que frequência um ícone de informações com um link pode ser exibido nos seus vídeos individuais. Da mesma forma, diferentes descrições e textos âncora podem ser incluídos nos links.

Para criar links ao seu site junto com o ícone de informações, você precisa primeiro verificar o site e vinculá-lo ao canal do YouTube. Ambas as opções podem ser encontradas nas configurações de canal estendidas da sua conta do YouTube. Além disso, com uma única conta do Google, você pode criar vários canais do YouTube que podem ser usados em sites diferentes.

Também faz sentido incorporar os vídeos carregados no YouTube aos artigos apropriados do seu site. Se os vídeos forem exibidos no seu site, isso aumentará o tempo de permanência dos visitantes nas páginas, gerando impacto positivo na classificação do Google atribuída ao site.

Dica: O YouTube também permite ocultar controles e ações do player ao incorporar vídeos. Dessa forma, os visitantes não podem retroceder nem ver qualquer conteúdo adicional que possa desviá-los do seu site.

Outras formas de usar as redes sociais no marketing afiliado

Para muitos blogueiros ou operadores de sites, os mecanismos de pesquisa são a única fonte de tráfego. As redes sociais podem ser uma nova fonte significativa de tráfego para seu site, desde que sejam usadas ativamente. Isso significa que seu site tem a vantagem de não depender apenas dos mecanismos de pesquisa para conseguir tráfego. Se a classificação do seu mecanismo de pesquisa cair, você ainda terá tráfego proveniente das suas redes sociais para seu site.

Plataformas como o Facebook também são ideais para criar comunidades, compartilhar, comentar e receber "curtidas". Isso aumenta o alcance orgânico das suas postagens para usuários do Facebook. Essas postagens podem conter links para que os usuários cliquem e sejam direcionados ao seu site. O foco não deve ser limitado ao número de "curtidas" da sua página. É muito mais importante ter fãs no Facebook que estejam genuinamente interessados nos tópicos abordados por você e, como resultado, apresentem maior probabilidade de interagir com as postagens de maneira consistente.

Para conseguir isso, é importante criar conteúdo relevante e de alta qualidade. Você precisa entender seu grupo-alvo com a maior precisão possível. Isso ajuda a garantir que seu conteúdo seja interessante e que você responda às mudanças e tendências.

Da mesma forma, você deve postar regularmente e manter um certo estilo. Além disso, tente publicar suas postagens em horários diferentes e observe o alcance de cada uma (o Facebook fornece essas informações). Dessa forma, você terá uma visão geral dos horários em que suas postagens tendem a receber mais atenção.
Compartilhe isto

Qual é a sua opinião?

Você tem alguma sugestão ou algum comentário sobre o site da Central de Associados? Conte-nos.