Brasil

Central de Conhecimento

Iniciantes: Vitórias rápidas com SEO

VOCÊ APRENDERÁ:

  • Como abordar a otimização básica de SEO
  • Cinco áreas na página para observar
  • Sobre ferramentas de análise
A otimização do mecanismo de pesquisa (SEO) tem algumas conotações negativas e é uma área complexa para ser totalmente compreendida. No entanto, como a maioria dos visitantes faz uma pesquisa usando o mecanismo de pesquisa do Google, você precisa garantir que seu site tenha todas as chances de se classificar nos primeiros resultados de pesquisa. Ter um bom conteúdo é importante, mas não é o suficiente.
Seu conteúdo precisa ser bem otimizado, para que os mecanismos de pesquisa possam corresponder melhor as palavras-chave e as frases nos seus artigos às palavras-chave e frases que as pessoas estão procurando. Dessa forma, seu conteúdo será exibido nas posições superiores do ranking. Neste momento, o SEO na página entra em cena. As medidas a seguir podem ajudar a otimizar seu site no Google e a atrair novos visitantes rapidamente:

O que é SEO na página?

O SEO na página otimiza as páginas e os artigos individuais do seu site. O SEO na página está cada vez mais importante nos últimos anos, porque o Google já não atribui grande importância aos backlinks e a outras estratégias mais antigas de SEO. O Google também está se tornando cada vez mais bem-sucedido na avaliação e no entendimento do conteúdo de sites. Portanto, prepare e otimize seu conteúdo da maneira certa para ter mais sucesso com o Google.

O sucesso rápido é possível?

Um novo site não será classificado magicamente nos mecanismos de pesquisa dentro de alguns dias ou semanas. Os mecanismos são projetados para operar com "ceticismo", de modo que costuma levar vários meses ou até mesmo um ano para um site alcançar altas classificações, mesmo nas buscas por palavras-chave desejadas. Experimente estas cinco medidas de SEO na página para fazer com que seu site seja exibido nos resultados dos mecanismos de busca o mais rápido possível.

1. Conteúdo original

Se o conteúdo (especialmente o texto, mas também as fotos, os vídeos, etc.) for o mais exclusivo possível, o Google e semelhantes o reconhecerão como tal. Mas, se você tiver conteúdo que também esteja disponível em muitos outros sites, o Google não terá motivos para mostrá-lo nos primeiros resultados de pesquisa. Preste atenção à formatação e ortografia do texto para facilitar a leitura e melhorar a experiência do usuário. Verifique se imagens, títulos, etc. estão otimizados para os mecanismos de pesquisa.

Normalmente, apenas um assunto (palavra-chave ou frase-chave) deve ser tratado por artigo. Quanto mais específico um texto estiver em um artigo, mais relevante o Google o considerará. Isso significa que você terá uma chance melhor de classificação mais alta nos resultados de pesquisa para essa frase ou palavra-chave. No entanto, você não deve escrever pensando nos mecanismos de pesquisa. Sempre escreva seus artigos para seus leitores humanos.

2. Metainformação

As meta tags de uma página ficam visíveis apenas para robôs de mecanismos de pesquisa, mas são muito importantes, pois as informações são usadas para melhorar a relevância e também exibir informações em outro lugar online. Isso se aplica ainda mais para a tag "title" (título), que geralmente é exibida como uma chamada nos resultados da pesquisa. Há também a metadescription (metadescrição), que aparece como um texto descritivo nas listagens dos mecanismos de pesquisa. Ambos devem ser escritos para despertar interesse e curiosidade entre os pesquisadores.

3. Links internos

Bons links internos existem principalmente para ajudar os leitores a navegar pelo seu site. Mas eles também ajudam os mecanismos de pesquisa a reconhecer subpáginas particularmente importantes com base na vinculação. Portanto, você deve manter a navegação clara para incentivar o uso dela. Além disso, é útil vincular-se ocasionalmente a conteúdos importantes e relevantes.

Sempre que possível, você deve vincular o texto de maneira temática e também usar a barra lateral para incluir listas dos artigos mais populares ou mais recentes. Torne as suas categorias claras e fáceis de encontrar adicionando um widget à barra lateral do seu site.

4. Otimização tecnológica

Os mecanismos colocam grande ênfase em um site sem erros e com carregamentos rápidos. Isso também contribui para uma experiência positiva do usuário para os visitantes. Otimize o desempenho do seu próprio site para melhorar a velocidade. Plug-ins de cache, como o WP Super Cache, podem ajudar a reduzir os tempos de carregamento.

5. Usabilidade

Este 5º ponto não é tão facilmente mensurado. A usabilidade (facilidade de os visitantes usarem seu site) depende de muitos fatores. Você precisa, no mínimo, verificar se a navegação está clara e lógica, se é fácil encontrar os tópicos procurados, se seu site é fácil de ler e se o texto soa natural. Facilite e destaque a vinculação e o compartilhamento de mídias sociais. A boa usabilidade garante uma experiência de usuário positiva e tem um impacto indireto na classificação do Google.

Ferramentas de análise

Para adquirir o hábito de otimização na página, você pode usar várias ferramentas de análise, de maneira regular:
  • Serviço de validação de marcação do W3C: Fornece análise do código HTML de um site e dicas sobre como solucionar erros.
  • Google Page Speed Insights: Ajuda a analisar o desempenho do seu site, com conselhos úteis sobre melhorias que você deve implementar.
Compartilhe isto

Qual é a sua opinião?

Você tem alguma sugestão ou algum comentário sobre o Portal de Associados? Conte para a gente.